Miyazaki sempre foi um diretor que parte de sua grandiosa identidade no se importava em utilizar alguns clichs ou abordagens mais simplrias em suas obras. Entretanto o segredo disso era a maneira com que ele os implementava. Mesmo em situaes caricatas ou de aspecto clich a composio fundamental sobreps o que parecia evidente. Sejam elas esplndidas tcnicas visuais que compunham a cena arrojadas abordagens sonoras implementando essncia as obras marcantes tcnicas de cmera e perspectiva ou seu formidvel modus operandi de fantasia e ao. Todos esses aspectos sobrepunham o que indicava ser um erro tornandoo um ponto de refinamento como igualmente esto presentes em Laputa. https://i.ur.com/GTPU3Jq.png Tcnicas Visuais A constante movimentao dos diversos corpos que constituem o cenrio aliada da explorao de perspectiva e profundidade foram fatores de grande destaque dentro deste agitado enredo. De modo igual as tcnicas de interao dos corpos sobre os demais elementos da composio. Com fluidez e tima gerao de impacto o contato dos corpos produziam diversas partculas desconstruindo o cenrio e originando novos objetos. Fomentando uma dinmica muito eficiente para todas as finalidades emergentes. Sem dvidas uma das maiores sacadas introduzidas neste filme a explorao de perspectiva e profundidade. A cmera no necessita agir sozinha ao trabalhar mltiplos planos pois em diversas cenas as personagens movimentamse conjuntamente em diferentes posicionamentos porm ainda no mesmo ngulo o que proporciona uma ampla explorao do ambiente e do fluxo da ao. Igualmente aplicada na cenografia dando uma noo estrutural excntrica aos frames e complementado com excelncia o visual. Vale ressaltar tambm um caracterstico design de cores muito harmonioso demonstrando timas aplicaes de contraste e saturao. Talqualmente complexos designs mecnicos e de edifcios aderindo muita estilizao a obra. Trabalho Sonoro Um fator vital a sntese. Caracteriza e permeia substancialmente todas as cenas. Embora no possua grande variedade compensa na aplicao musical formando uma mecnica conjunta ao constante uso de silncio. O Dinamismo da Ao Seja na tenso na aventura ou mesmo em uma mnima cena constituda pela ao as personagens sempre esto expostas a mltiplos perigos. Explorando essa margem de imprevisibilidade que o filme fomenta seu dinamismo. O princpio essencial para que os demais fatores de sua direo possam operar. Empregando incerteza a aventura intensificando a tenso e proporcionando constncia a ao. MacGuffin Laputa um excelente MacGuffing para o gnero narrarivo do filme. O Castelo Voador a origem de todos os ocorridos o que todos perseguem porm tambm a origem do incerto. O seu princpio cercado por mistrios e muita curiosidade. As aes dos personagens e os acontecimentos da narrativa instigam o espectador a tal sentimento. Tornando Laputa no s o pinculo do world build como a principal fora motriz de todo o filme. Uma autntica fora motriz que exala a maravilhosa essncia do anime. Comdia Apesar de pouco utilizada ainda pode ser observada em escassos usos de comdia fsica e algumas cenas clichs hilrias ao em torno dos vinte minutos e posteriormente j em uma hora decorrida de filme. No ganha ressalvas nem demritos. O atenuante cmico de maior salincia fica reservado a esquadrilha pirata que rouba os holofotes sempre que fazem presena. O Planador Aos meados de uma hora e quinze de filme contado que a vigia em que os protagonistas se situavam poderia se transformar em um planador que ficaria preso a um imenso cabo telefnico. O prprio conceito desse elemento do roteiro j muito interessante para o momento ento ao instante em que o planador fica suspenso no ar temos o grande alvoroo vigente sendo cortado pela imensido do cu e seu silncio para que novamente as constantes adversidades da aventura venham a agir em uma sbita turbulncia que atinge o veculo dos protagonistas. Sendo guiada por um trabalho de cmera muito dinmico. Assim se criam trs constantes perigos nas cenas que viriam: o avio militar que estava tentando destrulos o pssimo clima dentro das nuvens e o fino fio que separava as personagens de sua instvel segurana nos cus. O objetivo predominante era o de alcanar Laputa os sentimentos de tenso e curiosidade permeiam a atmosfera. Intercalando entre o uso de silncio e uma musicalidade extremamente efetiva. E claro animaes fluidas preenchidas por um design de cores surreal. Uma cena que evoca a genuna sntese aventureira e fantasiosa de uma narrativa. Concluso Tenkuu no Shiro Laputa um marco s produes da dcada de 80 introduz tcnicas nicas a indstria e funda um legado em seus gneros narrativos. Sem dvidas um ponta p inicial excepcional para um estdio visionrio.
90 /100
22 out of 26 users liked this review